Matinhos terá sua Avenida Principal duplicada e Curi ressalta importância

postado em: Uncategorized | 0

A Avenida JK é parte da PR 412, ligando Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná e solicitação antiga de moradores da região e turistas do litoral paranaense. É um grande gargalo de circulação de pessoas, especialmente em temporadas de férias de final de ano, principalmente. “Certamente uma obra que vai melhorar e muito o acesso para as cidades e trânsito para todos”, frisa o deputado Alexandre Curi.

No seu trabalho municipalista, o parlamentar defende investimento em diversos setores, sendo a infraestrutura um dos principais. No caso da duplicação da Avenida JK, Curi ressalta que trata-se de uma demanda antiga, agora atendida pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior. A ordem de serviço foi assinada nesta terça-feira (04/08), com previsão para início dos trabalhos ainda este mês e tem previsão para estar concluída em 18 meses.

O investimento é de R$ 34,57 milhões. “R$ 12 milhões são de antecipação da devolução da Assembleia Legislativa que foi transferida para a obra. Economia feita por nós deputado e destinado para esta importante obra”, ressalta Alexandre Curi. O governo Ratinho Junior pretende melhorar as estruturas de logística da região, segundo o deputado, para “mudar a cara do Litoral paranaense”.

Curi menciona, neste contexto, a construção da ponte de Guaratuba, a duplicação da PR-407, a regularização fundiária da Ilha do Mel e a ‘engorda’ da praia de Matinhos. “Isso não apenas melhora a infraestrutura de toda a região, como promove o desenvolvimento, gera emprego e renda”, defende o parlamentar.

A duplicação engloba 2,4 quilômetros de extensão, entre as ruas Alvorada (que dá acesso ao ferryboat) e Pastor Elias Abraão (prédio da prefeitura). Além da restauração e implantação de pista dupla na Avenida JK, tendo duas faixas como 3,6 metros de largura cada, totalizando 7,2 metros por pista, separadas por um canal projetado entre barreiras de concreto. A readequação do canal de macrodrenagem do rio da Draga também faz parte desta licitação de obra.

De acordo com o governo, além da duplicação, toda a drenagem da PR-412 será adequada para evitar alagamentos, por meio da implantação de dispositivos que maximizam a capacidade hidráulica do sistema como forma de evitar alagamentos. O canal, hoje a céu aberto, será totalmente revestido em concreto e reposicionado em alguns trechos.

“Este projeto, ainda, atende ao comércio da região. Para tanto foi prevista uma faixa de estacionamento com dois metros de largura. Em função do alto fluxo de ciclistas e pedestres será implantada uma ciclovia compartilhada”, completa Alexandre Curi. Melhorias na rede de iluminação e sinalização, além de sinalização semafórica integrada, estão no projeto. Também, toda a drenagem da rodovia será adequada para evitar alagamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *